Após polêmica, Ju Bonde cita pastor, ator pornô e Sérgio Moro em clipe de duplo sentido

Após gerar polêmica com grupos mais conservadores e religiosos ao envolver o nome do padre Fábio de Melo em suas músicas de duplo sentido e cunho sexual, Juliana Bonde ataca novamente. A influenciadora digital resolveu gravar um clipe chamado “Coelhinho”, pegando carona no clima de páscoa que está por vir.

No entanto, a música é uma velha conhecida, principalmente no Nordeste do país e traz uma letra explicitamente sexualizada. Parodiando a “obra”, Juliana cita várias personalidades na letra, incluindo pastores, um ator pornô e nem o ex-juiz federal Sérgio Moro escapou.

Com a polêmica anterior, Juliana recebeu muitas críticas nas redes sociais, porém, isso a deixou engajada. Houve até um “pedido de desculpas” discrepante, em que ela chega a implorar por “perdão” de maneira “birrenta”. Mas, ao que parece, a fórmula foi rentável, tanto que teve bis.

Confira!

Fonte: Portal T5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.