Após ser preso, Ruan Macário fica calado durante interrogatório e é encaminhado ao Presídio de Catolé do Rocha

Ruan Ferreira de Oliveira, mais conhecido como Ruan Macário, acusado de atropelar e matar o motoboy Kelton Marques foi interrogado pela polícia na manhã desta sexta-feira (29). De acordo com o delegado Miroslav Alencar, Macário se apresentou à polícia acompanhado de um advogado, mas optou por permanecer em silêncio e responderá apenas em juízo.

“Ele realmente se apresentou na manhã de hoje acompanhado de seu advogado e foi dado voz de prisão. Ele foi interrogado sobre o homicídio de Kelton Marques, mas disse que só responderia perante o juiz”, disse o delegado.

O acusado foi encaminhado ao Presídio de Catolé do Rocha e a Polícia Civil já comunicou  sobre a sua prisão ao Judiciário. Agora Macário está a disposição da justiça. Havia um mandado de prisão preventiva em aberto contra ele  e que foi cumprido imediatamente.

O motoboy Kelton Marques foi morto em setembro do ano passado. Ele foi atingido por um carro em alta velocidade, no Retão de Manaíra por volta das 4 horas da manhã dirigido por Ruan Macário.

Fonte: Click PB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.