Bolsonaro diz que caminhoneiros serão pagos a partir da 1ª quinzena de agosto

O presidente Jair Bolsonaro divulgou que os caminhoneiros vão ter acesso aos pagamentos do auxílio oferecido pela PEC dos Benefícios na primeira quinzena de agosto. Numa publicação no Telegram, nesta segunda-feira (18), ele afirmou ainda que o governo federal planeja fazer dois pagamentos no próximo mês aos taxistas.

Para os caminhoneiros, serão pagamentos de R$ 1 mil, destinados a cerca de 900 mil transportadores autônomos. “O voucher caminhoneiro faz parte de uma série de benefícios incluídos na promulgação, nesta última semana, da PEC no Congresso Nacional”, publicou Bolsonaro.

Para evitar o recebimento indevido do voucher, somente transportadores registrados como autônomos no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTRC) até 31 de maio de 2022 receberão o benefício.

Os benefícios previstos na PEC promulgada na última quarta-feira (13) têm validade até dezembro. A proposta autoriza o governo federal a gastar R$ 41,2 bilhões com os auxílios.

Parlamentares de oposição criticam a matéria, afirmando que se trata de uma medida eleitoreira. O governo e o presidente, no entanto, negam o argumento e afirmam que o cenário de crise exige a medida de forma emergencial até o fim do ano.

Bolsonaro citou ainda na publicação o aumento de R$ 200 no Auxílio Brasil, reajustado para R$ 600, e de R$ 53 no Vale Gás bimestral, além da compensação dos estados para gratuidade do transporte coletivo de idosos e para compensação da manutenção da competitividade entre o etanol e a gasolina. O voucher dado aos taxistas terá valor mensal de R$ 200 a R$ 300, segundo o presidente.

Fonte: R7.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.