Bolsonaro entrega chips de internet a estudantes em Natal

O presidente Jair Bolsonaro (PL) estará em Natal (RN) nesta sexta-feira (17) para participar da entrega de chips de acesso gratuito à internet com banda larga a alunos de escolas públicas. O ato é parte da solenidade de lançamento do Programa Internet Brasil, que busca viabilizar aos estudantes o acesso a recursos educacionais digitais, além de ampliar a participação deles em atividades pedagógicas não presenciais.

Os primeiros beneficiados na fase inicial do programa são dos estudantes dos municípios de Caicó (RN), Mossoró (RN), Caruaru (PE), Petrolina (PE), Juazeiro (BA) e Campina Grande (PB).

VEJA TAMBÉM
  • ONU repudia violência contra Bruno e Dom e cobra maior segurança a indigenistas
    BRASÍLIA

    ONU repudia violência contra Bruno e Dom e cobra maior segurança a indigenistas

  • Empresas de transporte podem pedir restituição de ICMS no DF
    BRASÍLIA

    Empresas de transporte podem pedir restituição de ICMS no DF

  • Mesmo com ciclo de aumentos da Selic, inflação ainda segue alta
    ECONOMIA

    Mesmo com ciclo de aumentos da Selic, inflação ainda segue alta

ministro das Comunicações, Fábio Faria, também participará do evento previsto para começar às 11h, na Praça Mãe Peregrina, no bairro Pitimbu. Na ocasião, o Ministério das Comunicações entregará infraestrutura de rede de fibra óptica para conexão Wi-Fi gratuita em praças públicas da capital potiguar.

Está previsto também o anúncio oficial de distribuição de kits de conversores digitais para famílias do Rio Grande do Norte, do Ceará e do Maranhão pelo programa Digitaliza Brasil, que tem como objetivo migrar os televisores do sinal analógico para o digital. Aém disso, será assinada a ordem de serviço, da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), para a perfuração de poços artesianos em no estado e a instalação de dessalinizadores.

Programa Internet Brasil

Criado em dezembro de 2021, por meio de medida provisória, o Programa Internet Brasil é voltado a alunos que cursam os ensinos fundamental (a partir do 3º ano) ou médio em escolas públicas, municipais ou estaduais. Estão contemplados também estudantes em comunidades indígenas e quilombolas, e nas escolas especiais sem fins lucrativos.

O programa dá aos estudantes – que fazem parte de famílias inscritas no CadÚnico – acesso à internet gratuita, em banda larga móvel. Na fase inicial, o Governo Federal vai disponibilizar chips e pacotes de dados em cidades que já são atendidas pelo programa Nordeste Conectado. O projeto piloto prevê a distribuição e manutenção de cerca de 700 mil chips.

O Ministério das Comunicações será responsável por coordenar o programa, com auxílio do Ministério da Educação no monitoramento e na avaliação.  Segundo o governo federal, a implantação será gradual, dependendo da disponibilidade de recursos e dos requisitos técnicos para a oferta do serviço.

Fonte: R7.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.