Caminho de exploração da madeira amazônica vendida na PB é investigado pela PF

Polícia Federal investiga o processo ilegal de corte, transporte e aquisição da madeira de essência amazônica, com origem ilícita, encontrada na Paraíba e no Rio Grande do NorteOperação Micélio, deflagrada na manhã desta quarta-feira (15), cumpriu ordens judiciais em João Pessoa, na Paraíba, Natal e Parnamirim, no Rio Grande do Norte, e nas cidades de Belém e Tomé-Açu, no Pará.

Para a PF, a origem da madeira pode corresponder a crimes ambientais, assim como, fraude e lavagem de dinheiro. As atividades são investigadas desde 2019 e apontam que proprietários dos estabelecimentos nos estados nordestinos ocultavam a madeira de transações.

Cerca de 67 policiais cumpriram 10 mandados de busca e apreensão, expedidos pela  2ª Vara da Justiça Federal do RN.

Fonte: Portal T5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.