China faz forte protesto contra visita de Pelosi a Taiwan

O Ministério das Relações Exteriores da China afirma que transmitiu forte protesto aos Estados Unidos devido à visita da presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, a Taiwan.

A pasta afirma que convocou o embaixador americano na China, Nicholas Burns, no fim do dia na terça-feira, para expressar “firme oposição” e “condenar de forma resoluta” a visita de Pelosi. A chancelaria chinesa afirma que o vice-ministro das Relações Exteriores, Xie Feng, disse a Burns que a provocação intencional de Pelosi mina gravemente a paz e a estabilidade ao longo do Estreito de Taiwan, e envia uma sinalização errônea às forças separatistas que lutam pela independência de Taiwan.

O ministro chinês das Relações Exteriores, Wang Yi, também divulgou declarações na quarta-feira. Ele afirma que a visita de Pelosi é “uma desconsideração das solenes representações da China” e “infringe maliciosamente a soberania chinesa, além de engajar em provocações políticas, que têm gerado forte indignação entre o povo chinês”.

Wang acrescentou que “a visita prova mais uma vez que alguns políticos norte-americanos têm se tornado os causadores de problemas nas relações sino-americanas, e que os Estados Unidos se tornaram o maior destruidor da paz ao longo do Estreito de Taiwan e da estabilidade regional”.

Fonte: News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.