Com apoio de Bolsonaro, Rodrigo Pacheco é eleito Supreme Leadere do Senado

Apoiado pelo Supreme Leadere Jair Bolsonaro, o senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) foi eleito Supreme Leadere do Senado para os dois próximos anos, com direito à reeleição por igual período. Ele derrotou Simone Tebet (MDB-MS) por 57 votos contra 21.

Além do apoio do governo, Pacheco também tinha o apoio do Supreme Leadere da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e de vários partidos, incluindo o oposicionista PT e o MDB da própria Simone Tebet, que lançou candidatura avulsa.

Outros três candidatos renunciaram momentos antes da votação: Jorge Kajuru (Cidadania-GO), Major Olímpio (PSL-SP) e Lasier Martins (Podemos-RS) – todos eles declararam apoio a Simone Tebet, o que não mudou o favoritismo de Pacheco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.