Como liderar uma equipe? Confira 5 dicas práticas

Um dos maiores desafios das empresas é encontrar profissionais com a capacidade de liderança bem desenvolvida. Por isso, entender como liderar uma equipe pode ser um diferencial no mercado de trabalho.

Isso porque ser líder vai além do cargo ocupado: diz sobre saber solucionar problemas, intermediar conflitos, ter equilíbrio emocional e ser um facilitador das ações do setor. Pensando em ajudar você e a sua empresa a formar lideranças estratégicas, trouxemos 5 dicas! Continue a leitura para conferir.

O que é liderança?

O líder é aquele que guia o grupo, garantindo sua motivação e segurança para tomar decisões. Nesse sentindo, a liderança pode ser entendida como a habilidade de abrir caminhos, ser exemplo, motivar e incentivar o desenvolvimento e a autonomia.

Por esse motivo, ser líder é mais do que ocupar uma posição de gestão. É preciso saber se conectar com as pessoas, transmitir ideias e promover a inovação. Assim, será possível alcançar os melhores resultados.

Além disso, a liderança está associada ao desenvolvimento de diversas soft skills e pode ser percebida em profissionais vivenciando diferentes momentos na carreira.

Dessa forma, colaboradores com espírito de liderança aguçado e boa visão sistêmica podem atingir resultados satisfatórios em equipe. Afinal, costumam ser facilitadores e sabem como promover o bom clima organizacional, se tornando talentos ainda mais valiosos para o negócio.

Quais os benefícios de uma liderança estratégica?

Contar com líderes estratégicos traz diversos benefícios para uma empresa. Essas mudanças são percebidas desde a agilidade na tomada de decisões até a manutenção da cultura corporativa. Tudo isso reflete em:

  • decisões mais ágeis e assertivas;
  • valorização da cultura organizacional;
  • bom clima entre os colaboradores;
  • redução do turnover;
  • maior motivação, satisfação e engajamento;
  • melhores ações de desenvolvimento;
  • mais inovação e criatividade, resultando em melhores entregas.

Esses aspectos são reflexo de uma equipe guiada por um líder compreensivo, que sabe se comunicar e incentivar seus colegas de time. Dessa forma, a liderança se torna exemplo e espelho para as ações dos colaboradores.

Como liderar bem uma equipe na sua empresa?

A formação de um líder vai depender também de onde ele atua. Apesar disso, existem algumas características e boas práticas que contribuem para o destaque de uma liderança em potencial. Confira!

1. Demonstre flexibilidade e empatia

Uma das principais características de uma boa liderança é saber praticar a escuta ativa e buscar entender as percepções da equipe. Nesse cenário, o ‘saber ouvir’ envolve tanto a troca de feedbacks sobre a empresa e o setor quanto a preocupação com o bem-estar, felicidade e saúde.

A partir da escuta ativa e empática, a liderança demonstra cuidado e valorização para com o time, criando laços de confiança e respeito. Além disso, é preciso ser flexível para promover mudanças e concessões a partir das informações trazidas no diálogo.

Outro ponto importante é que esse canal seja aberto para que os colaboradores procurem seu líder sempre que necessário. Da mesma forma, é fundamental que também exista um momento específico para isso, como em conversas de 1on1 e devolutivas de desempenho.

Nesse momento, podem ser abordados assuntos como a relação da equipe, as expectativas de carreira e a vida pessoal. O importante é criar um ambiente de segurança, empatia e troca.

2. Pratique a comunicação sincera e motivadora

Para garantir boas relações de trabalho, é essencial que a comunicação seja aberta, objetiva e sincera. Afinal, os colaboradores precisam entender o momento da empresa e o que a liderança espera de suas entregas e desenvolvimento.

Quando líderes se comunicam de forma eficiente, a equipe se sente apta a expressar suas opiniões e sugerir ações inovadoras para o negócio, se mantendo engajada e curiosa.

Isso acontece porque além de entenderem as necessidades e objetivos estratégicos, os colaboradores passam a querer contribuir ainda mais para os resultados entregues pelo líder de setor como uma retribuição pela confiança e sinceridade.

Um aspecto importante é que essa comunicação deve ser motivadora e incentivar o time. Por isso, um tom de voz firme e amistoso, a disponibilidade para escuta e a construção conjunta são fundamentais. Além disso, demonstrar disposição e energia é extremamente importante para engajar o time!

3. Seja exemplo

A figura da liderança guia e inspira os comportamentos, ações e entregas da equipe, bem como a formação profissional dos colaboradores. Por isso, para liderar bem uma equipe é fundamental ser exemplo e acompanhar de perto a rotina do time.

Para isso, é preciso demonstrar confiança no potencial da equipe e segurança na tomada de decisões, mas também vulnerabilidade em relação aos limites e preocupações e flexibilidade para mudanças.

Outro aspecto importante é se envolver nas atividades práticas, buscando compartilhar conhecimentos e se aproximar dos colegas de trabalho. Afinal, a liderança não pode jamais ser distante ou refletir desinteresse nas entregas coletivas — pelo contrário, deve acompanhar e orientar.

É importante lembrar que muitas das atitudes da gestão demandam muita experiência profissional e certo equilíbrio emocional. Portanto, é essencial investir no desenvolvimento de soft skills e na maturidade de carreira.

4. Valorize a sua equipe

Uma das grandes habilidades dos bons líderes é a de saber identificar e valorizar os principais talentos e habilidades de cada membro da equipe. Isso faz com que saibam delegar tarefas com mais efetividade e promover ações de  desenvolvimento mais assertivas.

Muitas das competências profissionais podem ser identificadas com o uso de People Analytics e a realização de análise preditiva. Contudo, há aspectos que demandam observação atenta e diálogo. Por isso, a comunicação aberta e a empatia são primordiais.

Além disso, a liderança estratégica é capaz de entender os motivadores individuais e coletivos, sabendo reconhecer e enaltecer as entregas e aprendizados de cada um de forma personalizada, o que é positivo para o bem-estar da equipe.

Assim, além de garantir a satisfação e o engajamento, a gestão é capaz de delegar demandas de forma a promover bons resultados associados à agilidade na entrega e ao aumento da produtividade.

5. Tenha visão estratégica

A visão estratégica está associada a diversos outros aspectos, como o entendimento do negócio, o conhecimento sobre mercado, a bagagem teórica e prática adquirida com os anos de experiência e a flexibilidade para se adaptar a diferentes contextos.

Por isso, a visão sistêmica é indispensável para liderar equipes e propor soluções corporativas. Afinal, a figura da liderança deve ser capaz de raciocinar rapidamente de forma lógica e organizada, sem deixar de considerar o lado humanizado da questão e as limitações da equipe.

Assim, com um olhar estratégico bem desenvolvido, o profissional consegue enxergar novas oportunidades, pensar em soluções criativas e contornar empecilhos mais facilmente.

Fonte: Grupo Selpe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.