Coreia do Norte diz que Covid-19 está “sob controle” no país

A Coreia do Norte confirmou recentemente os primeiros casos de Covid-19 desde o começo da pandemia. Em poucos dias o país considerado um dos mais fechados do mundo já vivia um surto da doença. No entanto, o governo disse na última segunda-feira (23) que nesse momento a situação está “sob controle”.

De acordo com o comunicado, a Coreia do Norte está, pelo terceiro dia seguido, com cerca de 200 mil pacientes com sintomas de febre. O número total de mortes confirmadas no território está em 68. O governo não confirma o número de testes positivos, apenas de sintomas.

“Em alguns casos de prevenção de epidemias, em que o sistema pode conter e controlar a prevenção de epidemias, a mortalidade em todo o número reduzido de pessoas pode ser controlada e monitorada, em casos de ocorrência de pessoas controladas e controladas. clara situação estável”, disse a agência de notícias oficiais KCNA.

Covid-19 na Coreia do Norte

Durante mais de dois anos, a Coreia do Norte manteve suas fronteiras permanentemente fechadas para conter a Covid-19, porém, no fim de abril de 2022, houve um evento importante para o país: a celebração dos 90 anos do exército norte-coreano.

 

O evento reuniu mais de 20 mil pessoas  em Pyongyang, capital do país. Esta grande concentração de pessoas em só lugar pode ter ajudado no espalhamento do vírus na capital, que é o epicentro da doença, e no interior, para onde o vírus foi levado no retorno dos viajantes.

Isso explica como o vírus se espalhou pelo país, mas não diz como ele chegou lá. A resposta para essa dúvida também é relativamente simples. Um dos poucos países que têm boas relações com a Coreia do Norte é a China, que, pouco antes, enfrentou um surto de Covid-19 em algumas regiões, como Xangai.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.