COVID-19: Secretário de Saúde de João Pessoa erra na dose, chama evangélicos de palhaços e defende prisão de religiosos

Ao criticar a imprudência de algumas igrejas evangélicas de João Pessoa, o secretário municipal de Saúde, Fábio Rocha, acabou errando na dose e chamou os pastores de palhaços.

“Cultos de igrejas, com euforia, pedindo covid, só pode ser. Porque se a pessoa junta 100 pessoas, no lugar que  só cabe 50, e começa a gritar todo mundo. Ainda tem um palhaço de vermelho organizando. Isso aí tem que ir para a cadeia”, disparou.

Fábio Rocha disse que depois dos bares e restaurante, as igrejas estão no radar da prefeitura e defendeu a prisão para os que estão promovendo aglomerações religiosas. O secretário errou na dose.

As declarações aconteceram em entrevista a TV Arapuan.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.