Duas de cada três vagas de trabalho abertas em 2022 são preenchidas por profissionais de até 24 anos

Os jovens com até 24 anos são os mais escolhidos para ajudar na retomada do mercado de trabalho em 2022. De acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), dois terços dos admitidos com carteira assinada nos primeiros quatro meses deste ano não superavam a idade.

Do total de 770.593 contratações firmadas entre janeiro e abril, 401.302 (52,1%) foram preenchidas por trabalhadores com idade entre 18 e 24 anos. No mesmo período, os menores de 17 somam 112.968 admissões (14,7%).

No acumulado do ano, também foram mais contratados do que demitidos os profissionais com idade entre 25 e 29 anos (74.176), 30 e 39 anos (95.066), 40 e 49 anos (89.801) e 60 e 64 anos (9.940).

Por outro lado, os únicos a perderem espaço no mercado de trabalho ao longo de 2022 foram os trabalhadores com mais de 65 anos. No período de quatro meses, 12.660 deles amargaram um desligamento.

O cenário não ganhou novos rumos no mês de abril, quando 68% das 196.966 vagas com carteira assinada criadas foram preenchidas pela faixa etária dos mais jovens. O destaque, novamente, fica por conta dos trabalhadores com faixa etária entre 18 e 24 anos (56,4% ou 111.117 postos).

Somente no mês passado, foram 18.872 admissões para quem tem entre 25 e 29 anos, 20.465 de profissionais com idade entre 30 e 39 anos e 20.483 com faixa etária entre 40 e 49 anos.

Em menor proporção, também foram mais contratados do que desligados aqueles com idade entre 60 e 64 anos. Já os idosos perderam 210 postos formais no mercado de trabalho nacional.

Fonte: R7.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.