‘É missão de Deus a presidência’, diz Bolsonaro durante evento religioso em Natal

O presidente Jair Bolsonaro participa da “Marcha de Jesus pela Liberdade”, em Natal. Na manhã deste sábado, 16, em discurso após evento religioso na capital do Rio Grande do Norte, o chefe do Executivo falou sobre temas como família, religião e, citando inúmeras passagens bíblicas, relembrou as dificuldades frente ao cargo no Palácio do Planalto. “Vocês sabem o que é o poder, a responsabilidade que eu tenho. Aí te pergunto: todo poder emana do povo? Não, se o povo escolher errado vai pagar um preço caríssimo lá na frente. E o maior preço que podemos pagar é perder a sua liberdade. Vemos que pelo poder o homem do mal é capaz de tudo, vocês acompanham o meu sofrimento, o que eu enfrento. Vocês acompanham o que eu enfrento e não reclamo. É missão de Deus a presidência da República”, afirmou o presidente, sendo sendo ovacionado pela plateia.

Outros temas como a alta dos combustíveis, aborto, legalização das drogas, educação sexual, compra de fertilizantes da Rússia e também a própria guerra contra a Ucrânia também foram mencionados, assim como as ações de enfrentamento à Covid-19. Sobre a pandemia, Bolsonaro voltou a criticar as medidas de isolamento social adotadas por governadores. Citando a campanha do “fique em casa”, usada para incentivar a quarentena nos Estados, o presidente questionou qual seria a realidade da população mais vulneráveis se o fechamento do comércio durasse mais tempo. “Seria o caos. Nós fizemos a nossa parte. Me desculpem, graças a Deus, não errei nenhuma na minhas posições no tocando ao combate à Covid-19. Talvez tenha sido um dos raros ou único chefe de Estado do mundo que tenham essas posições de diferença e decidir não é fácil, porque sempre contraria um ou outro. Posso errar um dia, mas jamais será por omissão”, mencionou.

Fonte: Jovem Pan

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.