Elon Musk processa Twitter após ser processado pela rede social

Nesta sexta-feira (29), Elon Musk entrou com um processo contra o Twitter referente à desistência de compra da rede social por US$ 44 bilhões. A ação movida pelo empresário foi feita em sigilo em um documento de 164 páginas, como relata a Reuters.

Com o movimento, Musk intensifica ainda mais sua disputa judicial com o Twitter. Há cerca de duas semanas (12), a rede social abriu um processo contra o bilionário exatamente pelo mesmo motivo, porém exigindo que ele “cumpra com suas obrigações legais” e finalize o acordo de fusão.

Também hoje, a chanceler Kathaleen McCormick, da Corte de Chancelaria de Delaware, confirmou que o julgamento do processo sobre a desistência de Musk ocorrerá em 17 de outubro. O caso será julgado em cinco dias.

Relembre o caso

O anúncio da desistência de compra do Twitter foi feito por Musk e seus advogados em 8 de julho, tendo como principal motivo a desconfiança do empresário sobre a quantidade de bots e contas falsas na rede social, que aponta ter apenas cerca de 5% entre a sua base de usuários. De acordo com ele, a empresa violou o acordo pois não estaria relatando o número correto.

Elon MuskO bilionário Elon Musk e a rede social Twitter se enfrentam judicialmente após o empresário desistir de comprar a rede social por US$ 44 bilhões.

A rede social, por sua vez, afirma ter fornecido dados suficientes para que uma análise independente seja feita. Em seu processo, o Twitter ainda cita que as “alegações [de Elon Musk] são pretextos e carecem de qualquer mérito”.

Em seus resultados fiscais do segundo trimestre de 2022, divulgados na última semana, o Twitter relatou que possui 237,8 milhões de usuários ativos diários. Por outro lado, também apontou que a disputa com Musk custou cerca de US$ 33 milhões aos cofres da companhia no período.

Fontes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.