Em encontro com Biden, Bolsonaro fala em saída de forma democrática e ataca as urnas

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou na noite desta quinta-feira (9), durante encontro com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que quando deixar o governo “será de forma democrática”.

Os mandatários se reuniram na Cúpula das Américas, em Los Angeles, nos Estados Unidos. A primeira conversa foi transmitida pela imprensa, mas depois eles seguiram a portas fechadas.

O chefe do Executivo falou sobre o pleito que vai acontecer em outubro, afirmando querer “eleições limpas, confiáveis e auditáveis” para que não haja “nenhuma dúvida” após o resultado.

“Eu tenho certeza que será realizada nesse espírito democrático. Cheguei pela democracia e tenho certeza que quando deixar o governo também será de forma democrática”, afirmou.

Bolsonaro disse que os dois têm “muito em comum”. “Como o nosso amor compartilhado pela liberdade e pela democracia. Nós queremos o bem estar do nosso povo e a paz de todo o mundo.”

Ainda no discurso, o presidente brasileiro também citou a Amazônia e disse que “muitas vezes” o Brasil sente a soberania da região ameaçada. Além disso, afirmou que o país preserva “muito bem” o seu território e defendeu a legislação ambiental brasileira.

Fonte: Yahoo notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.