Entrevista: Ruan ‘continua brincando’, comenta viúva de Kelton Marques após prisão

Há mais de 10 meses, no dia 11 de setembro de 2021, o motoboy Kelton Marques, de 33 anos, foi atropelado e morto por um carro que trafegava a 163 km/h conduzido pelo empresário Ruan Macário, 28, em João Pessoa. Considerado um dos casos de maior repercussão entre acidentes de trânsito na Paraíba, a tragédia não apenas vitimou Kelton, mas deixou desamparada a família dele – que esperava a prisão do empresário desde o dia do ocorrido.

Mesmo com as investigações, a Polícia Civil da Paraíba não conseguiu localizar Ruan, acusado pela morte de Kelton. Ele só foi preso nesta sexta-feira (29) após se apresentar espontaneamente à delegacia de policia de Catolé do Rocha, no sertão da Paraíba, onde estaria se escondendo após o crime.

Em entrevista à TV Tambaú, familiares do motoboy prestaram relatos emocionados sobre o que a família teria vivido nos últimos meses. A esposa da vítima, Tatiane Andrade, disse que suas filhas estariam sofrendo com a ausência do pai.

“Ele (Ruan) continua brincando com a sociedade, com a polícia. Ele assassinou meu marido. Aqui tá uma família que sente a falta do meu marido. Ta se aproximando do dia dos pais e minha filha mais velha pediu para eu não ligar a TV porque ela não quer ver propaganda do dia dos pais”.

Tatiane ainda condenou a permanência de Ruan na cidade onde foi preso. Para ela, o acusado deveria ser transferido para João Pessoa.

O pai de Kelton, Jailson de Sousa, criticou a atuação das autoridades policiais do estado nas investigações para localizar o acusado. Isso porque, o empresário se entregou na sua cidade natal, Catolé do Rocha. Jailson acredita que ele estaria escondido na localidade e que faltou empenho nas buscas para encontrá-lo.

A polícia da Paraíba não teve a competência para prender Ruan Macário. Eu sempre disse que ele estava em Catolé do Rocha. O pai dele e o advogado dele postaram foto num bar comemorando a liberdade dele”, disse.

Veja a entrevista completa à TV Tambaú em vídeo: 

Fonte: Portal T5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.