Especialistas acreditam que a varíola dos macacos pode ser sexualmente transmissível

Diferente do vírus da Covid-19, que se espalha por aerossóis que se espalham pelo ar, o vírus da varíola dos macacos tem um espalhamento mais difícil, exigindo um contato mais próximo para passar de uma pessoa para outra. Isso fez com que alguns especialistas passassem a acreditar que a doença, na verdade, é sexualmente transmissível.

“O que parece estar acontecendo agora é que ele entrou na população como uma forma sexual, como uma forma genital, e está se espalhando assim como as infecções sexualmente transmissíveis, o que amplificou sua transmissão em todo o mundo”, disse o especialista em doenças infecciosas e da OMS. David Heymann.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.