Golpista do PIX, presa na PB, buscou na web como forjar comprovante

A Polícia Militar prendeu na tarde desta quarta-feira (3), uma mulher suspeita de estelionato no bairro do Geisel, Zona Sul de João Pessoa. Ela foi autuada e conduzida até a Central de Polícia de João Pessoa.

De acordo com a capitã Viviane Vieira, a polícia foi procurada por um estabelecimento que teria sido vítima da suposta golpista. Os donos do comércio afirmaram que um comprovante falso de transferência via pix foi enviado para comprar um produto que seria entregue em casa.

Após serem lesados, um boletim de ocorrência foi feito. Houve uma segunda tentativa de golpe usando o mesmo método, mas o produto não foi enviado. Na terceira tentativa, a polícia chegou até o endereço informado no ato da “compra”.

“Quando foi feita a entrega do produto eu abordei e questionei. Ela disse confessou que realmente tinha editado o comprovante do pix no computador. Essas três compras foram feitas em um período de mais ou menos um mês. Os comerciantes ficaram sem acreditar que teria sido a mesma pessoa”, disse a capitã.

A capitã que efetuou a prisão chegou a dizer que a mulher teria pesquisado na internet como fazer a falsificação.

“Ela foi conduzida à delegacia ela não tem nenhuma passagem pela polícia, é de uma família boa, mas infelizmente os jovens estão caindo nessas situações. Inclusive ela fez uma busca na internet de como fazer os comprovantes. As pessoas não medem as consequências dos seus atos. Felizmente a lei está aí para que possamos dar punição a essas atitudes”, finalizou.

Fonte: Portal T5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.