Governo divulga 10 nomes indicados para o conselho da Petrobras

O Ministério de Minas e Energia divulgou nesta quinta-feira (9) a lista com os nomes indicados para o Conselho de Administração da Petrobras, confirmando o nome do secretário de Desburocratização do Ministério da Economia, Caio Paes de Andrade, para o lugar do presidente demissionário, José Mauro Coelho.

A indicação dos novos membros do conselho era esperada pela liderança da Petrobras para agendar a Assembleia-Geral Extraordinária (AGE) de acionistas da empresa, que vai analisar as indicações, incluindo a troca de comando na empresa.

O ministério enviou dez nomes para a composição do conselho, e apenas quatro membros foram mantidos: Ruy Flaks Schneider e Márcio Weber, indicados pela União, e os representantes dos acionistas minoritários José João Abdala Filho e Marcelo Gasparino da Silva.

Foram confirmados Edison Antonio Costa Britto Garcia, Ieda Aparecida de Moura Gagni e Jonathas Assunção Salvador Nery de Castro, que tiveram o nome vazado nos últimos dias.

Também foram indicados Ricardo Soriano de Alencar e Gileno Gurjão Barreto, esse último para a presidência do conselho.

“O governo federal renova o seu compromisso de respeito à sólida governança da Petrobras, mantendo a observância dos preceitos normativos e legais que regem a empresa”, disse o MME em nota.

Os nomes indicados passarão agora pelos órgãos de elegibilidade da Petrobras e, se aprovados, serão levados à AGE, ainda sem data marcada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.