Governo russo confirma que Abramovich é um mediador nas negociações com a Ucrânia

O oligarca russo Roman Abramovich está desempenhando um papel de mediador nas negociações entre Rússia e Ucrânia que começaram nesta terça-feira (29) em Istambul, anunciou o Kremlin, ao rejeitar as afirmações de que o empresário foi envenenado.

“Abramovich está desempenhando um papel no estabelecimento de contatos entre os lados russo e ucraniano”, disse o porta-voz da Presidência da Rússia, Dmitri Peskov. “Ele está presente em Istambul”, embora não seja um membro oficial da delegação russa, acrescentou.

Peskov também rebateu as afirmações do Wall Street Journal e de fontes do governo americano de que Abramovich e dois negociadores ucranianos sofreram sintomas que sugeriam um possível envenenamento após uma rodada anterior de negociações.

“Isto é parte da guerra de informação contra a Rússia”, disse, antes de insistir que “esta informação não corresponde à realidade”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.