Hackers invadem Acer com ransomware e exigem US$ 50 milhões como resgate

O grupo de bandidos virtuais conhecido como ransomware REvil anunciou em sua página que os sistemas da Acer foram invadidos e mostrou algumas imagens de arquivos da empresa supostamente sigilosos para provar. Os prints mostram saldos de contas bancárias que seriam de membros da companhia.
Os hackers do ransomware REvil são conhecidos por usarem o malware do tipo ransomware para invadirem sistemas de empresas e exigirem recompensas milionárias, mas nunca havia sido registrado valores tão altos como o desta vez com a Acer.

A gigante taiwanêsa por sua vez enviou um comunicado para o portal francês em que não deixa claro se de fato os seus sistemas foram violados, mas diz que registraram atividades anormais. “A Acer monitora rotineiramente seus sistemas de TI, e a maioria dos ataques cibernéticos está bem defendida. Empresas como nós estão constantemente sob ataque e relatamos situações anormais recentes observadas às autoridades policiais e de proteção de dados relevantes em vários países”, diz um trecho da nota.

Olhar digital

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.