Home office é uma tendência no mercado de trabalho, diz especialista

Faz um ano que muita gente experimentou levar para casa a rotina do escritório. E essa mudança teve reflexo direto no mercado de trabalho.

Um levantamento do site Vagas.com mostra que o número de postos de trabalho em casa aumentou 309% em 2020, saltando de 594 vagas em 2019 para 2.428 no ano marcado pela pandemia.

O especialista em Inteligência de Negócios do site, Rafael Urbano, avalia que essa é uma tendência, que pode trazer vantagens tanto para empresários quanto para trabalhadores.

Tem ainda a vantagem de poder morar em locais mais baratos, longe dos grandes centros. Por outro lado, a especialista em mercado de trabalho Débora Barem chama atenção para as desvantagens enfrentadas pelos funcionários.

Enquanto isso, o cenário é promissor para as empresas. Débora enfatiza que o trabalho fora do escritório representa grande economia para os patrões.

Em meio a essas mudanças, o Ministério Público do Trabalho alerta para outra desvantagem em relação aos empregados: ficou mais difícil fiscalizar o cumprimento das leis com tanta gente trabalhando fora da empresa. O procurador do trabalho Luciano Leivas comenta os desafios para a fiscalização feita pelo Ministério Público.

As denúncias sobre as condições de trabalho podem ser feitas até mesmo de maneira anônima, com o envio de textos e vídeos para o portal do Ministério Público do Trabalho na internet. O endereço é mpt.mp.br.

Além das vantagens e desvantagens no dia a dia do trabalho, é preciso ter atenção à saúde física e mental. A distância dos colegas e a falta de um local adequado para exercer nossas atividades podem trazer riscos à saúde do corpo e da mente.

Com produção de Renato Lima, da Rádio Nacional.

Agencia Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.