Hospital de Trauma de Campina Grande atendeu quase 50 mil pessoas no primeiro semestre de 2022; quedas são a maioria dos atendimentos

No primeiro semestre de 2022, 47.901 pessoas foram atendidas no Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga, em Campina Grande, além de serem realizadas 4.876 cirurgias. Foi um aumento de 16,84% nos atendimentos e de 15,21% nas cirurgias, respectivamente, em comparação a 2021. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (1), pela assessoria da unidade.

Quedas seguem como sendo o maior número de ocorrências no hospital. Somente no mês de junho 1268 ocorrências deste tido foram atendidas. O mês com maior número de quedas atendidas neste primeiro semestre foi março e maio, quando a quantidade foi de 1375 atendimentos.

No mês de junho deste ano foram prestados 7.876 atendimentos no setor de emergência, sendo 626 pessoas vítimas de acidentes de motos.

Já em 2021, no mesmo período, foram registrados 6.895 atendimentos no setor de emergência, sendo 572 pessoas vítimas de acidentes de motocicleta.

É aumento de 14.22% nos atendimentos e de 9,44% nos acidentes de motocicletas, respectivamente, em comparação a 2021.

Os acidentes de moto seguem líderes como os principais acidentes atendidos pelo Trauma, seguido de acidentes de carro, com 331 atendimentos; acidentes de bicicleta, com 249 ocorrências e atropelamentos com o número de 243.

Ainda analisando os acidentes, em todas as categorias homens são os mais atendidos.  Foram 569 homens acidentados que deram entrada na unidade no primeiro semestre de 2022, ao passo que em mulheres este número foi de 192.

Sobre as cirurgias, o mês de março foi onde a maioria dos procedimentos foram realizados, marcando o valor de 872. Essa quantidade é seguida pelos meses de maio de junho, com 846 e 816, respectivamente.

Fonte: Click PB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.