Inadimplência com Fies cresce 11% no DF e atinge 198 mil pessoas

Nos primeiros cinco meses de 2022, 198 mil contratos do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) ficaram inadimplentes no Distrito Federal. No mesmo período de 2021, esse número foi de 178 mil, portanto, houve aumento de 11%. Os jovens endividados afirmam que não conseguem honrar o compromisso devido às altas parcelas do programa e em decorrência da pandemia de Covid-19, que os impediu de exercer a profissão assim que formados.

Os dados são do Ministério da Educação (MEC), obtidos via Lei de Acesso à Informação. A pasta considera como inadimplentes os saldos devedores dos contratos com parcelas não pagas a partir de 90 dias após o vencimento da prestação, na fase de amortização. É esta a situação da advogada Geovanna Souza Lima, 25 anos, que há quatro meses não cumpre com as parcelas do Fies. Formada em 2019, ela conta que se assustou com o valor a ser quitado por mês.

Fonte: Metropoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.