Indígenas acham embarcação na área onde jornalista e indigenista desapareceram

Uma equipe de buscas formada por indígenas da União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja) encontrou uma embarcação na região onde o jornalista britânico Dom Phillips e o indigenista Bruno Araújo desapareceram. De acordo com a entidade, foram identificados vestígios de que uma embarcação foi arrastada pela área de terra.

Ao encontrar o veículo aquático, os representantes da Univaja afirmaram que as autoridades que investigam o desaparecimento, que inclui a Polícia Federal, foram acionadas e isolaram a localidade. A investigação vai avaliar de quem é a propriedade da embarcação.

“Em complemento informamos que, na tarde de 11 de junho, a Polícia Federal, em Manaus, que coordena as ações dos órgãos governamentais no estado, emitiu nota negando que foram encontrados corpo dos desaparecidos, ao contrário que foi difundido nas redes sociais no dia de ontem”, diz trecho da nota publicada pela entidade, neste domingo (12).

Dom e Bruno estão desaparecidos desde o dia 5. Material orgânico encontrado na região foi enviado para o Instituto Nacional de Criminalística, em Brasília, para passar por avaliação do DNA. A finalidade é descobrir se os vestígios podem ser dos profissionais que sumiram na região amazônica.

Fonte: R7.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.