Mãe de bebê que morreu com sinais de agressão é transferida para presídio

A mãe do bebê que morreu com sinais de agressão, em João Pessoa, foi transferida para o Presídio Feminino Júlia Maranhão, no início da tarde dessa sexta-feira (1º). Ela estava a Central de Polícia Civil, onde passou por audiência de custódia pela manhã. A mulher teve a prisão em flagrante convertida em preventiva pela Justiça.

Na saída para a penitenciária, a mãe do bebê chorava bastante e disse que era vítima tanto quanto o filho. À imprensa, a mãe do bebê contou que era agredida pelo marido.

“Eu era vítima do mesmo jeito. Não me julguem”, disse ela.

De acordo com a polícia, durante a audiência de custódia, a mulher confessou que agredia o bebê. Mas, segundo ela, o marido era quem batia mais na criança. O homem ainda não foi localizado.

José Henrique da Silva Medeiros, de 1 ano e três meses, faleceu no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. Ele tinha sinais de agressão pelo corpo e na cabeça.

Fonte: Portal T5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.