Mão de milho é vendida a R$ 20 em festival na Capital

A tradição das comidas típicas feitas com milho no período junino já começou a impulsionar o comércio e a procura pelo produto está a todo vapor na Central de Comercialização da Agricultura Familiar (Cecaf), em João Pessoa. Dos 100 agricultores que trabalham na tradicional feira das quintas e sábados, 18 trabalham com a produção de milho e se preparam o ano todo para este período. De 22 a 24 de junho, haverá o 5º Festival do Milho, que oferecerá desconto no preço da mão de milho.

“Estamos em diálogo com os nossos produtores para oferecer um preço bom para os clientes. A mão de milho, com 52 espigas, vai variar entre R$ 20 e R$ 30 nos dias de evento. Também teremos um polo gastronômico e de artesanato todo voltado para a nossa comida regional e produtos da terra”, destaca Natália Beserra, diretora da Cecaf.

As medidas de prevenção à disseminação do novo coronavírus serão reforçadas durante o 5º Festival do Milho. O evento é realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), responsável pela administração do local, em parceria com a União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar (Unicafes-PB) e a Confederação Nacional de Agricultores Familiares (Conafer-PB).

“Trabalho com agricultura desde criança, aprendi com meu pai e é a principal renda da minha família. A gente percebe o movimento atualmente é maior, os clientes procurando milho em maior quantidade. Estou muito animado com o evento, porque é uma oportunidade da gente mostrar a qualidade do nosso milho, novinho, direto da nossa plantação e ajudar os colegas da feira, com mais clientes chegando”, diz Bruno Igor, agricultor do município de Pitimbu

Variedades

Comidas regionais, pimentas raras, plantas, artesanato, queijos, bolos e pães artesanais, são só alguns dos produtos possíveis de encontrar na Feira da Agricultura da Cecaf e, durante o festival, esses produtos serão ofertados em maior quantidade.

Sebastiana Lucena já é conhecida pelos seus tradicionais caldinhos, mas este mês de junho iniciou a produção de bolos e tem boas expectativas para o Festival do Milho para as vendas na sua ‘Barraca da Alegria’.

“Temos bolo de milho, macaxeira, macaxeira com coco, a partir de R$6 o bolo completo, mas eu também trabalho com fatias. Também vou continuar com os caldos de mocotó, cabeça de galo, que os clientes adoram e sempre procuram”, explicou.

Portal correio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *