Motorista foi responsável por acidente que matou motoboy em JP, diz perícia

Um laudo da perícia do Instituto de Polícia Científica (IPC) da Paraíba concluiu que a motorista que se envolveu no acidente que tirou a vida do motoboy Bruno Barros, em João Pessoa, foi a responsável pela colisão. O laudo técnico foi finalizado nesta terça-feira (31) e encaminhado para a Polícia Civil, que deve seguir com as investigações sobre o caso.

Em entrevista à TV Tambaú, o perito Ademar Roberto disse que “foi feito um levantamento de todo o material do local e foi mostrado que os semáforos encontravam-se em perfeito funcionamento e que o Bruno [vítima] passou, no momento da colisão, com o sinal ainda amarelo”.

“Essa é a comprovação de que a condutora do veículo [carro] foi quem teve a culpa”, afirmou ele.

A motorista suspeita de provocar o atropelamento responde o processo em liberdade. Ela prestou depoimento à Polícia Civil e pagou a fiança de R$ 3 mil.

O perito destacou ainda que não foi possível determinar a velocidade dos veículos no momento do acidente, porque só se tem acesso à imagem do motociclista.

Relembre o caso

O acidente aconteceu no dia 14 de maio no Bairro dos Estados, em João Pessoa. O motoboy Bruno Barros, de 28 anos, morreu após ser atingido por um carro em um cruzamento de avenidas. No dia do acidente, o carro que se envolveu no acidente foi incendiado em protesto.

O momento da colisão foi registrado por uma câmera de segurança. Veja:

Fonte: Portal T5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.