Mulher mata vizinho a facadas após briga por jet ski no Guarujá (SP)

Uma mulher foi presa após matar a facadas o vizinho no último sábado (22), durante uma briga causada pela sociedade de uma moto aquática no Guarujá, litoral de São Paulo. As informações são da Record TV.

Os vizinhos Felipe Dourado e Adair eram amigos e dividiam os lucros do aluguel do jet ski que compraram juntos na cidade da Baixada Santista. Após um desentendimento, Adair queria receber mais pelo serviço e reclamou da divisão, e então Felipe teria decidido pagar o valor investido para desfazer a sociedade.

Adair disse não ter recebido a quantia total — alegação afrontada pelos vizinhos — e entrou em discussão com o sócio, e os dois começaram a brigar. Em meio à confusão, Vera, esposa de Adair, se envolveu na briga e atacou Felipe com uma faca. A vítima foi socorrida, mas não resistiu.

Vera foi presa em flagrante, e Adair desapareceu após ser ouvido na Delegacia de Guarujá.

Segundo relatou um vizinho dos sócios à reportagem, Felipe, de 33 anos, já havia pago as 12 mensalidades da dívida com o ex-sócio, somando R$ 42,5 mil. A esposa da vítima, Jacqueline, também relatou que as dívidas haviam sido quitadas e que receberam inúmeras ameaças do casal vizinho.

Felipe deixa uma filha e a mãe, uma idosa de 73 anos, de quem também cuidava. Além de contar com os lucros do aluguel da moto aquática, a vítima trabalhava com caçambas de entulho na região.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.