Mulheres têm cabeças raspadas e são mantidas em cárcere por facção

Três mulheres tiveram as cabeças raspadas e foram mantidas em cárcere privado no condomínio Major Veneziano, no bairro das Três Irmãs, em Campina Grande, no Agreste da Paraíba. Os crimes foram registrados nesta quarta-feira (20). Segundo a Polícia Militar (PM), a suspeita é de que o caso tenha ocorrido como retaliação ao término do relacionamento entre uma das mulheres com o chefe de uma facção criminosa, que está preso.

O castigo popularmente conhecido como ‘disciplina’ tem como caráter repreender e amedrontar as vítimas. O caso foi registrado na Central de Polícia da cidade, para onde as mulheres foram encaminhadas após o resgate. A ação ocorreu em função de denúncias ao 190. Várias viaturas foram designadas ao local. Os suspeitos, no entanto, fugiram.

Ao serem encaminhadas à autoridade policial, foi identificado que contra duas delas pesavam mandados pelo crime de tráfico de droga. Elas ficaram detidas. A polícia agora apura a versão sobre a possível motivação para a a disciplina.

Fonte: Portal T5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.