No maior laboratório político do Brasil, Pablo Marçal cresce e já figura em quarto lugar

O pré-candidato do Pros à Presidência da República, Pablo Marçal, já figura em quarto lugar nas intenções de votos dos eleitores de Brasília – maior laboratório (e termômetro) político do país.
Marçal alcançou 1,6 por cento na pesquisa divulgada pelo Instituto Paraná Pesquisas, ficando a frente da senadora Simone Tebet, pré-candidata do MDB.

“A medida em que o povo brasileiro conhece nossas ideias, vai assimilando a necessidade de fugir de uma polaridade que nunca rendeu bons frutos ao pais”, avaliou Pablo Marçal.

O pré-candidato antecipou que entrou na disputa para mudar a pauta eleitoral, focando nos problemas estruturantes.
“Todas as eleições presidenciais realizadas pós democratização focaram no Brasil pobre, acenando com migalhas para os mais vulneráveis”, aponta Marçal.
“Queremos falar de um Brasil rico, que enfrenta seus gargalos para poder desenvolver com plenitude seu imenso potencial”, acrescenta.

Assessoria de imprensa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.