Nove mil famílias de João Pessoa precisam atualizar Cadastro Único

Cerca de nove mil beneficiários de programas do governo federal precisam atualizar dados no Cadastro Único em João Pessoa. Caso o procedimento não seja realizado, famílias podem perder benefícios sociais, como o Auxílio Brasil, a Tarifa Social de Energia Elétrica e o Benefício de Prestação Continuada. A informação é da coordenadora do CadÚnico da capital, Angélica Andrade.

Onde fazer?

O procedimento pode ser feito na Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania, que é sede do CadÚnico da cidade. Neste local é necessário realizar agendamento pelos telefones: (83) 98772-5104; (83) 98713-0983 e (83) 3214-3600. Para informações e consultas, o número disponível é (83) 3214-1874.

Outro local para atualização dos dados são os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).

Quem precisa atualizar?

Prioritariamente, a revisão dos dados será necessária para as famílias que fizeram a última atualização em 2016 ou 2017. Estes beneficiários têm até dezembro para regularizar os registros. Outro grupo que precisa realizar o procedimento para não perder os benefícios são os usuários que tiveram alerta de dados inconsistentes, estes precisam realizar a atualização até este mês

De acordo com as regras do CadÚnico, as famílias inscritas devem atualizar as informações a cada dois anos, ou sempre que houver alguma alteração, seja na composição familiar, no endereço ou na situação de trabalho e renda de seus membros.

Longas filas

Diante dessa situação, longas filas na frente da sede do órgão em João Pessoa foram registradas na manhã desta quarta-feira (13). Algumas pessoas foram até o posto para buscar o atendimento via demanda espontânea. Em entrevista à TV Tambaú, usuários relataram que não conseguiram contato telefônico e nem agendar o atendimento.

 

Públicos elegíveis para o CadÚnico

  • Famílias com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa;
  • Famílias com renda mensal total de até três salários mínimos;
  • Famílias com renda maior que três salários mínimos, desde que o cadastramento esteja vinculado à inclusão em programas sociais nas três esferas do governo;
  • Pessoas que moram sozinhas – constituem as chamadas famílias unipessoais;
  • Pessoas que vivem em situação de rua — sozinhas ou com a família.

Atendimento em João Pessoa

  • Na sede do CadÚnico no centro da cidade;
  • Nas seis unidades do CRAS na capital (Valentina, Cristo, Cruz das Armas, Alto do Mateus, Mandacaru e Ilha do Bispo)

Documentação necessária

Após o beneficiário se deslocar ao posto de atendimento com a documentação necessária (documento com foto oficial, CPF de todos os membros familiares e comprovante de residência) ele é atendido pelo profissional da prefeitura que vai verificar e registrar os novos dados cadastrais.

Fonte: Portal T5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.