O Wi-Fi do seu celular dá conta da internet que você precisa?

Dessa forma, isso vem ocorrendo com mais frequência do que podemos imaginar, sobretudo porque muitos usuários não verificam essa informação quando decidem investir em um novo aparelho.

Quer saber por que a conectividade é tão importante e também como identificar se o seu dispositivo está enfrentando dificuldades nesse aspecto? Então fique ligado em tudo o que abordaremos neste texto.

Verificando as especificações técnicas do seu celular

Embora as redes móveis estejam em alta, como 3G, 4G e 5G, é importante se atentar à conectividade do aparelho quando falamos em redes sem fio, principalmente porque elas são um complemento essencial.

Segundo a empresa norte-americana Qualcomm, cerca de 69% dos entrevistados em uma pesquisa realizada em 2020 na América Latina afirmaram que seus dispositivos não recebem a cobertura total de uma rede Wi-Fi dentro da própria casa. E uma boa parte deles prefere usar a rede móvel para não se estressar com a baixa qualidade oferecida.

Mesmo que existam inúmeras variáveis para determinar qual é a real causa desse problema, como a empresa provedora do serviço de internet e o seu roteador, por exemplo, é possível que o seu dispositivo possa contribuir para um desempenho ruim em relação à conectividade.

qualcommObserve qual é o padrão de Wi-Fi que o seu celular oferece. (Fonte: Qualcomm/Reprodução)

Nas especificações técnicas do modelo, você encontrará uma série de informações, incluindo aquelas ligadas à conexão Wi-Fi, já que as fabricantes seguem padrões de recomendação para esse quesito. O Wi-Fi 4/11n, por exemplo, ficou em alta durante muito tempo, mas se tornou obsoleto com o passar dos anos e já não atende mais às necessidades dos usuários.

Atualmente, o padrão Wi-Fi 6 802.11ax vem se posicionando como uma solução eficaz para uma conectividade mais fluida. Os celulares lançados nos últimos anos já estão contando com essa tecnologia, que também teve participação da Qualcomm durante todo o processo de desenvolvimento.

Uma garantia desse padrão é oferecer uma cobertura de rede que consegue realmente aproveitar o máximo da internet disponibilizada. Dessa maneira, seu aparelho terá bom desempenho mesmo em locais de grande fluxo de pessoas, com estabilidade, velocidade e alcance simultâneo.

Além disso, aparelhos com Wi-Fi 6E permitem que a banda de 6 gigahertz (GHz)também seja aproveitada junto das já exploradas bandas de 2,4 GHz e 5 GHz, considerando que o seu roteador também suporte Wi-Fi 6E.

qualcommAparelhos disponíveis no mercado que atualmente oferecem Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E. (Fonte: TecMundo/Reprodução)

Boas práticas podem garantir maior conectividade

Além das opções disponíveis no mercado de smartphones, os usuários que ainda não querem trocar de celular podem ficar tranquilos, pois existem algumas práticas que podem auxiliá-los no aproveitamento máximo de uma rede Wi-Fi.

Uma delas é investir em um roteador com, no mínimo, suporte à tecnologia Wi-Fi 5 com MIMO 2×2 para uso com links de banda larga de até 300 Mbps, pois as 2 antenas fornecem 2 fluxos de transmissão/recepção, dobrando a velocidade em relação aos equipamentos 1×1.

Não se esqueça de verificar as especificações técnicas do seu celular, que também deve ser no mínimo Wi-Fi 5, preferencialmente também com suporte a MIMO 2×2.

Se você gostou desse assunto, poderá se aprofundar em todas as novidades da Qualcomm, que se apresenta como uma parceira dos consumidores quando o assunto é conectividade. Aproveite!

Fontes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.