PM evita linchamento de parente de menina internada com sinais de estupro

Polícia Militar interrompeu agressões e evitou o linchamento de um homem, nesta terça-feira (26), no bairro Colinas do Sul, em João Pessoa. A vítima é parente da criança de dois anos internada no Hospital do Valentina, com sinais de estupro, nessa segunda-feira (25). Conforme a PM, a população do local atribuiu a ele o provável crime, que é investigado pela Polícia Civil.

Identificado como ex – companheiro da avó da criança, o homem foi reconhecido por vizinhos, que, inconformados com suposto estupro, juntaram-se em busca de satisfações e o agrediram. Ele prestou depoimento à Polícia Civil na segunda-feira (25) e foi liberado.

O homem agredido foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Valentina escoltado pela Polícia Militar com ferimentos pelo corpo. Após o atendimento médico, ele deve permanecer acompanhado por forças de segurança.

A mãe da criança e os três irmãos foram levados para o acolhimento tutelar. O conselho informou que não possui registro de casos de violência na família da menina.

O Caso

Na tarde da segunda-feira (25), uma criança foi encaminhada para o Hospital Municipal do Valentina, após passar mal. Na unidade hospitalar, o médico constatou sinais de abuso sexual.

A criança mora justamente no condomínio Vista Alegre, no Bairro Colinas do Sul, e segundo a assessoria da Polícia Militar, profissionais de saúde relataram que a vítima estaria sendo dopada com medicação de uso controlado.

No hospital, a menina está internada na UTI, onde surgiu a suspeita da equipe médica. A Polícia Civil investiga indícios de crime, colhendo depoimentos e com a solicitação de exames periciais.

 

Fonte: Portal T5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.