Polícia ouve familiares de menina socorrida com sinais de abuso sexual em JP

Os parentes da menina de apenas dois anos socorrida com sinais de abuso sexual foram encaminhados à Delegacia de Repressão aos Crimes contra a Infância e Juventude, em João Pessoa, para prestar esclarecimentos. Foram ouvidos a mãe, o avô, a avó, e o ex-marido da avó da criança, todos os moradores da comunidade Vista Alegre, que fica no Colinas do Sul, bairro Gramame, em João Pessoa. O caso foi registrado no início da noite desta segunda-feira (25). Após ser ouvido, o grupo foi liberado.

A criança segue nesta terça-feira (26) em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no hospital do Valentina de Figueiredo, na zona sul da cidade. De acordo com o último boletim hospitalar, o estado de saúde é considerado regular.

Segundo a mãe, a menina teria começado a convulsionar após o almoço. A família pediu ajuda a uma equipe da Polícia Militar e, ao chegar à unidade de saúde, o médico teria observado sinais de possível abuso sexual. Segundo os profissionais, ela já teria dado entrada outras vezes no mesmo hospital com os sintomas semelhantes.

A mãe da criança tem 18 anos de idade e quatro filhos, duas meninas gêmeas, de dois anos (uma delas é a que está internada), e dois meninos gêmeos, de dez meses.

Fonte: Portal T5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.