Prefeitura do Rio libera 10% de público para a final da Copa América

A prefeitura do Rio de Janeiro liberou 10% da capacidade do Maracanã e a final da Copa América, que será disputada entre Brasil e Argentina no sábado (10.jul.2021), terá público. A decisão foi publicada no Diário Oficial do município nesta 6ª feira (9.jul).

A final poderá ter até 6.500 pessoas nas arquibancadas, se o estádio for completamente aberto. Segundo as regras, cada setor do estádio pode ter 10% de sua capacidade. Eis a íntegra (447 KB).

O público precisa manter a distância de 2 metros entre cada pessoa ou família. Também é preciso que a organização do evento, a Conmebol, garanta que o público presente faça um exame de covid-19 até 48 horas antes do início do jogo. Quem tiver um teste positivo fica proibido de entrar.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, afirmou que a decisão é diferente da que permitiu público na final da Copa Libertadores. Na época, a Conmebol teve permissão para levar 5.000 pessoas ao jogo entre Palmeiras e Santos. Mas houve aglomerações e a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) multou a Conmebol em R$ 14.000.

Segundo Paes, o descumprimento das regras sanitárias ocorreu porque as 5.000 pessoas foram concentradas em apenas um setor do estádio.

A mudança que temos é essa: 10% em cada setor do estádio, ou seja, você tem um espaçamento grande entre as pessoas e, até onde eu entendo, são convidados da Conmebol, todos eles testados“, disse o prefeito na manhã desta 6ª feira (9.jul), durante a coletiva sobre a situação epidemiológica do Rio de Janeiro.

A prefeitura afirmou ainda que a final da Copa América será considerada um evento teste para uma fase de transição na cidade. O jogo vai testar as normas de segurança para o retorno de eventos presenciais com pessoas vacinadas contra a covid-19.

O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, afirmou que a decisão foi tomada com exigências para garantir a segurança. Afirmou ainda que no início, a organização da Copa América pediu um número maior de torcedores presentes. A Conmebol tinha pedido permissão para concentrar mais de 30.000 pessoas no Maracanã -segundo a prefeitura, a capacidade de público do estádio atualmente é de 65.000.

O pedido inicial da Copa América à Prefeitura era realizar com 50% de público, mas a gente considera que ainda não é adequado“, disse Soranz.

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, a Conmebol ainda não decidiu como será a distribuição desses 6.500 ingressos para o jogo entre o Brasil e a Argentina. Na Libertadores não houve venda de ingressos, os presentes eram convidados. A Conmebol não divulgou ainda se repetirá o formato, mas este deve ser o modelo, já que a final é no sábado (10.jul), às 21h.

Poder 360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *