Prefeitura municipal de Bayeux relembra a História da Ponte do Baralho e a sua importância como patrimônio cultural da Paraíba

O #tbt é uma hashtag que está todo mundo usando mas redes sociais, né? Muita gente acha estranho e fica sem entender o que significa, mas ela é muito popular e é importante que você saiba. A sigla tbt significa quinta-feira do retorno. É uma hashtag utilizada pelos usuários de redes sociais para marcar fotos que se referem ao passado, aquelas que trazem saudades, simbolizadas por #tbt”. Portanto, a prefeitura municipal de Bayeux, relembra como dica cultural desta semana a história da Ponte do Baralho como patrimônio cultural da Paraíba.

A partir dessa semana, faremos nosso #tbt nas redes sociais da prefeitura municipal de Bayeux. Siga nossa conta @prefeiturabayeux  para acompanhar toda quinta-feira um momento de saudade vivido em nossa página. No perfil, nosso #tbt será feito postando dicas culturais, obras e serviços no município a momentos que já vivemos presencialmente. A dica desta semana foi sobre a Ponte do Baralho vivido a partir dos anos 1840.

*História Ponte do Baralho*

Construída em 1840 e tombada como Patrimônio Histórico da Paraíba, a Ponte do Baralho, no bairro do mesmo nome em Bayeux, que por mais de 150 anos foi a principal interligação entre Bayeux e João Pessoa, completa 20 anos interditada para passagem de automóveis, caminhões e ônibus devido a elevada oxidação de sua estrutura de ferro, sendo somente permitida atualmente a circulação de pedestres e ciclistas, visto que com tráfego de veículos automotores, a estrutura da ponte poderia desmoronar.

Na década de 70 do século passado a ponte recebeu uma cobertura em concreto para suportar o peso dos veículos, já que foi construída toda em aço inglês e madeira. Foi a partir da Ponte do Baralho que o município de Bayeux nasceu. Com a ponte, mercadores começaram a atravessar os limites de João Pessoa e a formar um povoado que mais tarde se desenvolveu.

Existiam três principais acessos ao centro da capital paraibana. A Ponte do Baralho, a BR-230 e a Avenida Cruz das Armas. Para acessar o Terminal Rodoviário Severino Camelo, as linhas rodoviárias tanto as interestaduais como as intermunicipais, acessavam a Avenida Liberdade e posteriormente a Ponte do Baralho, enfrentando o terrível trânsito da cidade de Bayeux. Com a interdição da ponte e a transferência do trânsito para novas vias, os motoristas enfim puderam transitar em ruas de trânsito bem mais tranquilo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.