Prefeituras de cidades da Paraíba esbanjam mais de R$ 19 milhões com shows de São João

Prefeituras de municípios da Paraíba esbanjam mais de R$ 19 milhões com shows de São João e de comemorações municipais, neste 2022, de acordo com dados foram obtidos pelo ClickPB junto à base do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB). São R$ 19.343.500 em contratos firmados por 43 municípios. Vale ressaltar que estes dados são preliminares, já que nem todas as prefeituras prestaram todas as informações sobre os eventos ao TCE-PB.

Após dois anos sem festas públicas de São João, devido à pandemia de Covid-19, muitas prefeituras aproveitaram o período para ampliar os festejos e, ao mesmo tempo, aquecer os setores de comércio e serviço.

O maior gasto detectado foi da Prefeitura de Bananeiras, que fechou uma parceria público-privada para a realização da festa. Isso significa que uma empresa será a responsável pela contratação dos artistas e execução da festa. Além de bandas de forró de renome nacional, a festa em Bananeiras, orçada em mais de R$ 3 milhões, também terá shows de Alok e atrações sertanejas.

Os gastos com eventos de São João já se tornaram alvos, conforme noticiou ontem (1º) o ClickPB, de recomendação dos Ministérios Públicos da Paraíba, do Trabalho e de Contas além do Fórum Paraibano de Combate à Corrupção (Focco-PB).

Os órgãos pediram que os prefeitos divulguem os valores gastos na contratação, com dinheiro público, de cada artista, sendo a divulgação feita nas peças publicitárias das festas, sejam elas na internet, rádio e TV ou outro meio de publicidade. Devem ser divulgados os cachês de cada artista apresentado na publicidade, ainda segundo apurou o ClickPB.

O ClickPB checou e listou os valores gastos em cada município. Confira a lista dos gastos com shows de São João e comemorações municipais:

  • Algodão de Jandaíra – R$ 25 mil
  • Alhandra – R$ 55 mil
  • Araruna – R$ 400 mil
  • Bananeiras – R$ 4,716 milhões
  • Belém – R$ 160 mil
  • Boa Ventura – R$ 280 mil
  • Bonito de Santa Fé – R$ 20 mil
  • Brejo dos Santos – R$ 35 mil
  • Campina Grande – R$ 3,173 milhões
  • Cajazeirinhas – R$ 100 mil
  • Conceição – R$ 280 mil
  • Curral Velho – R$ 80 mil
  • Cruz do Espírito Santo – R$ 45 mil
  • Desterro – R$ 25 mil
  • Diamante – R$ 213 mil
  • Dona Inês – R$ 30 mil
  • Gurjão – 9 mil
  • Itabaiana – R$ 100 mil
  • Itapororoca – R$ 160 mil
  • João Pessoa – 422 mil
  • Malta – R$ 256 mil
  • Manaíra – R$ 225 mil
  • Montadas – R$ 75 mil
  • Monteiro – R$ 1,199 milhão
  • Olho d’Água – R$ 284 mil
  • Ouro Velho – R$ 547,5 mil
  • Patos – R$ 1,977 milhão
  • Pombal – R$ 480 mil
  • Princesa Isabel – R$ 213 mil
  • Riachão – R$ 48,5 mil
  • Santa Luzia – R$ 650 mil
  • Santa Rita – R$ 480 mil
  • São Bento – R$ 235,5 mil
  • São Francisco – R$ 140 mil
  • São João do Tigre – R$ 292 mil
  • São José de Espinharas – R$ 193 mil
  • São José de Princesa – R$ 160 mil
  • São Mamede – R$ 575 mil
  • Serra Redonda – R$ 75 mil
  • Solânea – R$ 195 mil
  • Sumé – R$ 140 mil
  • Taperoá – R$ 340 mil
  • Tavares – R$ 235 mil

Fonte: Click PB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.