Proporção de idosos cresce no maior eleitorado da história da Paraíba

O número de eleitores bateu recorde na Paraíba. Nas eleições deste ano, mais de 3 milhões de pessoas poderão ir às urnas, em outubro, para escolher o presidente da República, governador, senador e deputados federal e estadual. Desse total, destaca-se o crescimento do público em que o voto não é obrigatório. Conforme a Justiça Eleitoral, 547 pessoas aptas ao pleito têm 100 anos ou mais, no estado.

Os dados foram divulgados na última sexta (15) no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No Brasil, 156,4 milhões de eleitores estão aptos a participar das eleições

Segundo a Justiça Eleitoral, a Paraíba tem 3.091.684 eleitores regularizadas para votar este ano. São 224.035 pessoas a mais, em relação ao pleito-geral de 2018, quando 2.867.649 poderiam ir às urnas no estado.

Isso significa um aumento de 7,81%. O índice é um pouco maior do que o do país, que teve aumento de 6,21% na quantidade de pessoas que poderão votar.

O TSE apontou que os maiores crescimentos em percentual foram do eleitorado que não é obrigado a votar. São pessoas com 16 e 17 anos e acima dos 70 anos.

Segundo o TSE, em 2018, a Paraíba tinha 16.745 eleitores com 16 anos. Em 2022, são 23.396. O aumento é de pouco mais de 39%.

Entre os eleitores de 95 a 99 anos, o estado saiu de 1.008, em 2018, para 2.068 eleitores, em 2022. Esse número teve aumento de 105,1%.

Ainda segundo o TSE, no eleitorado acima dos 100 anos, eram 256 pessoas, há quatro anos. Agora, são 547, um crescimento de 113%.

Em 2022, a Paraíba terá um eleitorado formado, em sua maioria, por mulheres. Ao todo, 53%, das pessoas aptas a votar são do sexo feminino, o que significa 1.634.223 eleitoras. Os homens totalizam 1.457.461 eleitores.

Ao todo, 21,8% dos eleitores paraibanos têm Ensino Médio completo. São 674.713 pessoas cadastradas na Justiça Eleitoral. Em relação ao estado civil, 59% são solteiros.

Candidaturas

Na Paraíba, até esta segunda (18), haviam sido lançados sete pré-candidaturas ao governo do estado.

A Justiça Eleitoral determina que, a partir da próxima quarta-feira (20), se inicia o período para os partidos realizarem convenções e decidirem seus candidatos. O registro das candidaturas devem ser feitos até 5 de agosto.

Fonte: Portal T5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.