PUBG Mobile: game bane mais de 1.6 milhão de hackers em uma semana

PUBG Mobile baniu mais de 1.6 milhão de jogadores entre os dias 28 de março e 1° de abril. Os dados, revelados pela Tencent na última sexta-feira (2), mostram que a grande maioria dos banidos, cerca de 68% no total, foram pegos utilizando cheats e hacks de mira automática e de visão de raio-x. Essa foi a segunda onda de bans que aconteceu em março de 2021. A primeira ocorreu entre 19 e 25 e puniu outros 1.8 milhão de trapaceiros. O Battle Royale está disponível para download grátis em celulares Android e iPhone (iOS).

PUBG: 3 coisas para nunca fazer no Battle Royale
PUBG: 3 coisas para nunca fazer no Battle Royale

Quer comprar jogos, consoles e PCs com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Além do uso de mira automática e de visão de raio-x, também foram detectados outros tipos de cheats. Entre eles, hacks de velocidade, modificações de dano e do modelo do personagem. A Tencent também informou que puniu outros jogadores por razões não especificadas. A desenvolvedora divulgou ainda a porcentagem de players banidos por patente no PUBG Mobile. Veja os números na tabela abaixo:

PUBG Mobile – Patentes dos Banidos entre 25 de março e 1° de abril

Patente Jogadores banidos
Bronze 35%
Prata 11%
Ouro 9%
Platina 11%
Diamante 13%
Corda 12%
Craque 8%
Conquistador 1%

PUBG Mobile tem se destacado nos últimos meses por promover ondas de bans com milhões de punidos frequentemente. Em 2020, por exemplo, a desenvolvedora baniu mais de 29 milhões de jogadores em cerca de quatro meses.

PUBG Mobile baniu mais de 1.6 milhão de jogadores entre os dias 28 de março e 1° de abril — Foto: Divulgação/Tencent

PUBG Mobile baniu mais de 1.6 milhão de jogadores entre os dias 28 de março e 1° de abril — Foto: Divulgação/Tencent

Embora o PUBG Mobile conte com sua própria ferramenta para detectar programas ilegais, alguns cheaters ainda são capazes de passar desapercebidos por ela. Por isso, a Tencent também conta com a ajuda dos jogadores, que podem reportar suspeitos para a desenvolvedora. Vale destacar o uso da ferramenta Project: Ban Pan, que possibilita aos jogadores assistirem ao replay de sua eliminação e realizar uma denúncia caso tenha visto algo suspeito.

Com informações de Dot Esports e PUBG Mobile

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *