Relacionamento: 3 sinais sutis e cruéis de abuso psicológico que você pode enfrentar e ainda não percebeu

É muito comum que pessoas passem por abuso psicológico em seus relacionamentos e não percebam. Esse tipo de agressão costuma deixar marcas “invisíveis” na vítima, que também é responsabilizada pelas consequências da relação. Neste artigo baseado no portal Nueva Mujer, confira os três sinais dentro de um relacionamento que se caracterizam como abusivos.

Quando a vítima passa a sofrer os abusos psicológicos, suas atitudes começam a ser limitadas pelo parceiro. A autoestima é diminuída, cai a frequência da convivência com amigos e familiares e, no final, a situação faz com que a pessoa se sinta completamente sozinha.

Sendo assim, a única dose de “amor” encontrada será no abuso, que é imperceptível, muitas das vezes. Estes são os sinais que podem se caracterizar como abusivos em um relacionamento; confira!

Seu parceiro não quer que você trabalhe

Não querer que você trabalhe pode até parecer um gesto de afeto e preocupação, para que você não se esforce tanto. Contudo, pode haver uma manipulação por trás disso, fazendo com que você dependa financeiramente de seu parceiro e fique o dia todo em casa, evitando contato com pessoas diferentes.

Claro que não há problema em ficar em casa enquanto o parceiro sai para trabalhar, seja para cuidar de filhos ou do lar. No entanto, a decisão deve ser feita em conjunto, sem interferir dos sonhos e objetivos de ambos.

Seu parceiro te ridiculariza em forma de piada

A partir do momento em que seu parceiro tira sarro de você, criticando seu corpo e te ridicularizando na frente dos outros, se caracteriza como uma atitude abusiva. Quando você se sente desconfortável, ele pode dizer “foi só uma piada” ou “foi só uma brincadeira” para se isentar da responsabilidade de ter te constrangido.

Ao se colocar no lugar de vítima, ele nunca admite que está errado e atribui a culpa sobre você.

“Quando seu parceiro se recusa a falar ou evita falar sobre assuntos que lhe dizem respeito e o manipula para acreditar que seu ponto de vista não é válido, é outra forma de controle “, explica a psicoterapeuta Amanda Perl à BBC .

Seu parceiro compara você com outras pessoas

Esse é um dos sinais mais tristes e dolorosos para quem sofre de abuso psicológico. Ao comparar você com outras pessoas, isso mexe diretamente com sua autoestima e faz com que você se sinta “menos” que outras pessoas ou insuficiente.

Ao notar estar sendo vítima de um relacionamento abusivo, o melhor caminho é reconhecer e buscar ajuda. Amigos e familiares podem ser um caminho, principalmente profissionais da saúde como terapeutas e psicólogos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *