Renan Calheiros ameaça ir à Justiça contra candidatura de Simone Tebet

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) ameaçou levar à Justiça a decisão da convenção do partido, prevista para ocorrer na próxima quarta-feira (27), se Simone Tebet (MDB-MS) for confirmada como candidata à Presidência da República. Ele afirma que Tebet não tem chances de vitória.

Para Calheiros, se a candidatura dela for mantida, a sigla pode encolher nos estados por falta de apoio. Na disputa entre o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Calheiros quer que o partido apoie o petista.

“Sem diálogo, sem avaliações realistas sobre o desempenho da pré-candidatura, sem competitividade nas pesquisas, é insanidade sacrificar o MDB nos estados. A persistir a obsessão, não restará alternativa senão a judicialização da própria convenção”, escreveu ele nas redes sociais.

Em resposta, a senadora reafirmou a candidatura e criticou a ala do MDB que busca aliança com Lula. De acordo com ela, trata-se dos “caciques” que sempre estiveram com Lula, em governos anteriores. “Só vejam a fotografia… Tem cheiro de naftalina. Ela remete aos mesmos erros do passado”, afirmou.

O nome de Simone como candidata à Presidência, que deve ser definido na quarta, é defendido pelo presidente da sigla, Baleia Rossi. Ele acredita que existe margem de crescimento para a postulante ao cargo máximo do Executivo.

Fonte: R7.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.