Ruan Macário vai permanecer preso em Presídio de Catolé do Rocha e ainda está em cela isolada

O acusado de matar o motoboy Kelton Marques, por enquanto permanece no presídio de Catolé do Rocha de acordo com a assessoria de imprensa do Sistema Penitenciário. Os advogados do acusado querem que ele permaneça preso no interior do estado, já o advogado da família da vítima quer que ele seja trazido para João Pessoa.

Ruan foi preso após se apresentar à polícia na cidade do Sertão paraibano.  No momento ele ainda encontra-se isolado dos outros presos.

Ele é acusado de provocar o acidente que vitimou Kelton Marques no dia 11 de setembro de 2021. O motoboy, de 33 anos, voltava do trabalho quando foi atropelado e morto por um carro que trafegava a 163 km/h, no Retão de Manaíra.

Uma câmera de dentro do automóvel de Ruan, mostrou que ele trafegava pela via em alta velocidade, ultrapassou o sinal vermelho e atingiu o motoboy a 163km/h. Após a colisão, ele fugiu sem prestar socorro. No interior do veículo, a polícia encontrou latas de cerveja e uma porção de maconha.

Fonte: Click P

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.