Ser infectado por Covid-19 e gripe aumenta risco de morte, diz estudo

No começo de 2022 foram relatados diversos casos de Covid-19 e gripe ao mesmo tempo, quando os pacientes são infectados pelos vírus no mesmo momento. Pesquisadores das Universidades de Edimburgo, Liverpool e Leiden junto com o Imperial College London apontaram que essa infecção múltipla pode aumentar o risco de morte.

O estudo relata que a infecção por SARS-CoV-2 e pelo vírus da gripe gera até quatro vezes mais chances de uma pessoa precisar de suporte ventilatório e 2,4 vezes mais chances de morrer em decorrência da contaminação.

“Nos últimos dois anos, testemunhamos frequentemente pacientes com Covid-19 ficarem gravemente doentes, às vezes levando à admissão na UTI e ao emprego de um ventilador artificial para ajudar na respiração. Já se sabia que uma infecção por influenza poderia dar origem a uma situação semelhante, mas pouco se entendia sobre os resultados de uma dupla infecção de SARS-CoV-2 e outros vírus respiratórios”, disse o autor do estudo, Maaike Swets.

“Descobrimos que a combinação de Covid-19 e vírus da gripe é particularmente perigosa. Isso será importante, pois muitos países diminuem o uso de medidas de distanciamento social e contenção. Esperamos que o Covid-19 circule com a gripe, aumentando a chance de coinfecções. É por isso que devemos mudar nossa estratégia de teste para pacientes com COVID-19 no hospital e testar a gripe de forma muito mais ampla”, relatou o professor Kenneth Baillie.

gripe
Ser infectado por Covid-19 e gripe aumenta risco de morte, diz estudo. Imagem: Desx (Pixabay)

Os pesquisadores ressaltam que com está descoberta é necessário testar os pacientes infectados pela Covid-19 para descobrir se eles também apresentam o vírus da gripe. Além disso, o estudo coloca a vacinação contra as duas doenças como primordial para evitar hospitalizações e até mesmo a morte.

Fonte:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.