‘Só me dá dor de cabeça’, diz Bolsonaro sobre Petrobras

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na manhã desta quarta-feira (27) que a Petrobras é uma empresa que só dá “dor de cabeça” a ele. “Alguns acham que a culpa [do preço dos combustíveis] é minha. Eu posso interferir na Petrobras? Eu vou responder a processo. O presidente da Petrobras vai acabar sendo preso. É uma estatal que, com todo respeito, só me dá dor de cabeça”, disse.

Bolsonaro deu a declaração em entrevista à Jovem Pan, que ele próprio também transmitiu pelas redes sociais. Ele mencionou mais uma vez que a empresa está no “radar da privatização” como forma de quebrar monopólio do setor de combustíveis.

“Outro dia chegou um assessor: ‘Olha, a Petrobras acabou de bater recorde na produção de barril’”, disse o presidente, reproduzindo o que teria dito o auxiliar. “E qual a consequência disso? O que o povo vai pensar? Nós somos autossuficientes? Somos. Mas, dadas as leis do passado, a vinculação do preço do combustível levando em conta o barril Brent lá fora e o dólar, o reajuste é automático”, prosseguiu Bolsonaro.

O presidente ainda disse que a estatal “é uma empresa que hoje em dia está prestando serviço para acionistas”.

Impacto no mercado

Na última segunda-feira (25), o ministro da Economia, Paulo Guedes, destacou que basta uma frase do presidente Jair Bolsonaro sobre a privatização da Petrobras para que as ações da estatal comecem a subir. Nesse contexto, Guedes ainda defendeu a destinação de R$ 30 bilhões aos mais pobres via Auxílio Brasil.

“Bastou o presidente dizer ‘Olha, vamos estudar isso aí, isso é um problema’ para que o negócio subisse 6%. De repente são mais duas, três semanas, se isso acontecesse, são R$ 100 a R$ 150 bilhões criados, isso não existia”, afirmou o ministro da Economia.

Fonte: R7.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *