Suspeito de atropelar ciclista após furar sinal vermelho é autuado por lesão corporal culposa

O motorista suspeito de atropelar o ciclista Bryan Araújo, de 19 anos, foi autuado por lesão corporal culposa – quando não se tem a intenção de matar, mas se assume o risco – em razão do incidente de trânsito registrado no mês de fevereiro. A Polícia Civil concluiu o inquérito, mas o motorista segue em liberdade mesmo com provas que confirmam que ele entrou na contramão para burlar uma fila de carros. Além disso, ultrapassou o sinal vermelho antes de acertar  a vítima. O caso aconteceu em 25 de fevereiro, na avenida Assis Chateaubriand, no bairro Jardim Paulistano. Ele não prestou socorro.

Vale lembrar que durante a apresentação à polícia, após o veículo ser identificado, o atropelador – que já responde pelo crime de tráfico de drogas – manteve-se em silêncio durante o depoimento. A esposa do mesmo, que também estava presente no momento do atropelamento, foi ouvida durante a investigação. O inquérito foi encaminhado ao Ministério Público.

A vítima

Bryan Araújo, que trabalha em uma empresa de telemarketing, voltava pra casa quando foi atingido. Ele permanece internado em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Emergência e Trauma da cidade. O estado é considerado grave. Bryan segue entubado. Ele foi submetido a uma traqueostomia.

Fonte: Portal T5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.