TCE-PB reprova contas do Empreender na gestão de Amanda Rodrigues, esposa de Ricardo Coutinho, por falta de transparência e inadimplência

O Pleno do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) reprovou, nesta quarta-feira (4), as contas do Empreender PB na gestão de Amanda Rodrigues, esposa do ex-governador Ricardo Coutinho. O TCE-PB considerou que houve inadimplência e falta de transparência, segundo informações obtidas pelo ClickPB.

O colegiado reprovou as contas do Fundo Empreender/PB, no período em que esteve à frente a gestora Amanda Araújo Rodrigues, “face às irregularidades apontadas pela auditoria, reiteradas em parecer ministerial, entre as quais, o elevado número de inadimplência em relação aos empréstimos concedidos, falta de transparência e de controle da efetividade na aplicação dos recursos. Cabe recurso”, declarou o tribunal.

O Tribunal de Contas do Estado realizou sua 2318ª sessão ordinária por videoconferência, com as presenças dos conselheiros Fábio Túlio Nogueira (vice-presidente em exercício), Arnóbio Alves Viana, Nominando Diniz, André Carlo Torres Pontes e Antônio Gomes Vieira Filho. Também os substitutos Oscar Mamede Santiago Melo, Antônio Cláudio Silva Santos e Renato Sérgio Santiago Melo. Pelo Ministério Público de Contas atuou o procurador geral, Manoel Antônio dos Santos.

Fonte: Click PB

Créditos: Blog do Elias Hacker

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *