Tesla é flagrado no piloto automático, enquanto motorista está no banco de trás; homem pode ser preso

As fotos do “ocorrido incomum” foram divulgadas no perfil oficial de Facebook da Patrulha Rodoviária californiana. “A CHP foi informada de um incidente envolvendo um homem no banco de trás de um Tesla viajando nas estradas da Bay Area, sem nenhuma outra pessoa sentada no banco do motorista. O CHP recebeu um relatório do incidente, que está sob investigação”, escreveu a instituição no post.

CHP MADE AWARE OF AN UNUSUAL INCIDENT INVOLVING A TESLA The California Highway Patrol (CHP) has been made aware of an…

Publicado por CHP – Golden Gate Division em Sábado, 8 de maio de 2021

O jovem não foi identificado até o momento pela polícia, mas, pelas fotos, ele provavelmente estava “brincando” com a função de piloto automático (Autopilot) que existe nos veículos da Tesla. É possível também notar nas imagens que o cinto de segurança do motorista estava preso, sugerindo que o suspeito estava enganando a tecnologia para dirigir sem alguém ao volante.

Tal prática viola diretamente o uso adequado do piloto automático do Tesla, que exige que os motoristas fiquem alertas e mantenham as mãos no volante a todo o momento, caso precisem assumir a direção do veículo.

No post, um usuário ainda comentou que viu o mesmo homem uma semana antes, na estrada próximo à saída da Ashby Station (BART), em Berkeley. “Ele era a única pessoa no carro, sentado no banco de trás”, disse o homem.

Quando for encontrado, o jovem deve ser acusado de “direção imprudente”, conforme as leis da Califórnia, ato enquadrado no crime de “dirigir com intenção de ferir a segurança de outras pessoas ou de sua propriedade”. A contravenção é punível com cinco pontos na carteira de motorista e cerca de 90 dias na prisão, junto com uma possível multa entre US$ 145 a US$ 1 mil (de R$ 759 a R$ 5.200).

Vários tentam hacker o piloto automático da Tesla

Apoiadores e acionadores da Tesla sugerem dia após dia que a montadora de carros elétricos crie um departamento para lidar com incidentes como esse, além de informar ao público sobre o uso adequado do piloto automático e o sistema de direção autônoma Full Self-Driving (FSD).

A verdade é que muitas pessoas, como o homem que a CHP está investigando, interpretam mal o uso do Autopilot. Alguns defensores da Tesla acreditam que a marca precisa começar a assumir um papel mais ativo na disseminação de informações corretas sobre a tecnologia e dissipar falsas acusações.

Tesla diz a regulador que carros totalmente autônomos podem não estar prontos até o final do ano. Imagem: Reprodução/Youtube
Sistema de direção autônoma FSD da Tesla. Imagem: Reprodução/Youtube

Estranhamente, a ação de utilizar o piloto automático de forma errada é até incentivada por algumas organizações. Recentemente, o site Consumer Reports forneceu um passo a passo sobre como enganar o Autopilot e alguns proprietários de Teslas estavam preocupados que outros pudessem tentar replicar o “experimento”.

Fonte: Teslarati

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *