“Tragédia anunciada”, diz moradora sobre rompimento de reservatório na PB

Um reservatório de água se rompeu na cidade de Pocinhos, Agreste da Paraíba, na madrugada desta quarta-feira (25). Uma enxurrada destruiu cinco casas e deixou quatro pessoas feridas. As casas mais atingidas se transformaram em um amontoado de pedaços de concreto, lama e água.

“Eu tava dormindo com meu esposo, daí eu ouvi um barulho como se fosse um vento. Depois eu não vi mais nada. Eu sei que os troços tudo vieram por cima de mim, as paredes. Eu tranquei a boca, sabe, porque tava entrando muita água com areia. Só sei que eu consegui sair me arrastando”, disse uma das quatro pessoas feridas com rompimento da estrutura do tanque de Pedra do Cajueiro,  um dos reservatórios de água da cidade.

As vítimas receberam atendimento no hospital de trauma de Campina Grande. Uma das vítimas apresenta uma fatura na coluna cervical.

Equipes do Corpo de Bombeiros, da Defesa Civil e da secretaria de infraestrutura de Pocinhos montaram uma força-tarefa de suporte às vítimas. No meio dos escombros, eletrodomésticos, roupas e objetos pessoais. São Lembranças de vidas arrastadas pelas águas. Os destroços foram retirados com auxílio de retroescavadeiras e caminhões.

“Ali já era uma tragédia anunciada. Uma hora ou outra ia acontecer. Entra prefeito, sai prefeito, governador, deputado, vereador e nada se resolve”, desabafou outra moradora.

Um outro tanque fica poucos metros no local onde o reservatório estourou. Ele enfrentou a situação parecida já que nota-se que ele chegou ao volume máximo da capacidade total de água e que do outro lado existem várias casas de moradores da cidade. O trabalho agora é o de tentar evitar uma nova tragédia já que existe o risco de mais chuvas.

Outros tanques estão sendo monitorados para evitar novos rompimentos. A obra é uma construção da prefeitura municipal feita há mais de 60 anos, na gestão do prefeito José Alves. As famílias atingidas pelo rompimento do reservatório foram abrigadas em na Escola Municipal José Tomé, e estão recebendo o suporte da prefeitura. Roupas e agasalhos foram doados pela comunidade.

A secretaria de infraestrutura e meio ambiente da prefeitura de Pocinhos disse que deve desativar o reservatório do Cajueiro e que nos próximos dias vai fazer manutenção preventiva em outro reservatório, que é o de Nova Brasília.

Fonte: Portal T5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.