Trauminha de Mangabeira realiza 22,6 mil atendimentos nos últimos três meses em João Pessoa

O Complexo Hospitalar de Mangabeira Governador Tarcísio de Miranda Burity (Ortotrauma), da Prefeitura de João Pessoa, realizou 22.622 atendimentos nos últimos três meses (agosto, setembro e outubro). O levantamento, divulgado nesta terça-feira (23), é do Relatório de Movimento Ambulatorial por Clínica da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Esse número gera uma média de 7.541 atendimentos a cada mês.

De acordo com os dados divulgados, o setor que lidera os atendimentos no Ortotrauma de Mangabeira é o da clínica ortopédica, totalizando 7.339 procedimentos nos últimos 90 dias e uma média de 2.446 a cada 30 dias. Em seguida, vem a área clínica ambulatorial, com 5.108 atendimentos nos três últimos meses e uma média mensal de mais de 1.700 atendimentos.

“O nosso foco é atender bem e cuidar das pessoas que nos procuram e utilizam nossos serviços. Estamos sempre aperfeiçoando o nosso atendimento aqui no Ortotrauma por meio de treinamentos e capacitações, que tem como objetivo melhorar e otimizar a nossa forma de atender os pacientes e familiares”, destacou Humberto Pires Jerônimo, diretor-geral do Ortotrauma de Mangabeira.

Dentro dos números totais que o Relatório de Movimento Ambulatorial por Clínica apresenta nos últimos três meses, e ainda por ser um hospital de portas abertas, o Ortotrauma de Mangabeira possui as mais diversas áreas, com atendimento específico em cada uma delas.

Essas áreas são: acupuntura, ambulatório, auriculoterapia, buco maxilo, cirúrgica, clínica médica, dermatologia, fisioterapia, hidroterapia, médico da dor, neurologia, ortopedia, osteopatia, pilates, psicologia, psiquiatria, RPG e reumatologia-Cendor.

Referência – O Complexo Hospitalar de Mangabeira Governador Tarcísio de Miranda Burity (Ortotrauma) é referência no Estado da Paraíba em cirurgia de urgência e emergência de áreas abaixo do cotovelo e abaixo do joelho, conforme pactuação firmada com o Ministério da Saúde. Além disso, também realiza pequenas cirurgias sem internamento, consultas, exames laboratoriais e por imagem e atende urgências psiquiátricas por meio do Pronto Atendimento em Saúde Mental (Pasm). A unidade conta com atendimento ininterrupto, 24 horas, de segunda a segunda.

Fonte: Click PB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *