Varíola dos macacos: OMS declara emergência de saúde global

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, declarou neste sábado (23) a varíola dos macacos como emergência de saúde global. No Brasil, até o dia 21 foram capotados 592 casos confirmados da doença.

Conforme o diretor da OMS, com as ferramentas disponibilizadas o surto será controlado. A decisão foi tomada após reunião do comitê de emergência da OMS. Durante o encontro, o grupo não conseguiu chegar a um consenso. Essa foi a primeira vez que o Chefe tomou a decisão mesmo com a falta de consenso entre os membros.

A OMS declara emergência internacional quando tem um “evento extraordinário” que traz risco à saúde pública de outros estados, por meio da disseminação internacional da doença. O status foi adotado em outros surtos, como H1N1 e zika vírus.

Doença

A varíola dos macacos é uma doença causada por vírus e transmitida pelo contato próximo com uma pessoa infectada e com lesões de pele. O contato pode se dar por meio de um abraço, beijo, massagens, relações sexuais ou secreções respiratórias. A transmissão também ocorre por contato com objetos, tecidos (roupas, roupas de cama ou toalhas) e superfícies que foram utilizadas pelo infectado.

Não há tratamento específico, mas, de forma geral, os quadros clínicos são leves e requerem cuidado e observação das lesões. O maior risco de agravamento acontece, em geral, para pessoas imunossuprimidas com HIV/AIDS, leucemia, linfoma, metástase, transplantados, pessoas com doenças autoimunes, gestantes, lactantes e crianças com menos de 8 anos de idade.

Fonte: Portal T5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.